Pão de especiarias

A máquina de pão, que se tornou o brinquedo preferido, vem com as receitas básicas para preparo de massas, mas também serve para invencionices e transgressões ao que vem proposto no livro de receitas. Na internet há sites e grupos de discussão onde são compartilhadas receitas de pães diferentes, mas talvez o mais divertido seja inventar mesmo coisas novas.

Fiz mais ou menos isso ao preparar este pão de mel caseiro. Na verdade, ele é mais um pain d’épices, a versão francesa do pão de mel, já que no Brasil este último virou sinônimo daquele doce coberto por chocolate em que a massa quase se esconde. Trata-se de um pão adocicado e temperado com “especiarias”.
A ideia dele veio de um passeio no mercado municipal. Em uma das principais barracas de tempero havia uma mistura pronta para pão de mel, misturando canela, cardamomo, cravo, gengibre e noz moscada.

Com este pacote nas mãos, usei a receita básica para pão doce (água, margarina, sal, açúcar, leite em pó, farinha e fermento), adicionei duas colheres de açúcar mascavo, duas da mistura pronta e mais duas de mel.

Terminado o ciclo total de pão doce, o pão de mel continuava cru, entretanto, e foi preciso deixar mais 40 minutos assando dentro da máquina para chegar no ponto ideal para pão. Mas a espera valeu.

O pão ficou escuro, com sabor levemente adocicado, mas marcado pelos temperos (talvez pudesse ter usado uma colher de tempero a mais, entretanto). Ficou bom de comer puro, mas deve funcionar muito bem também com manteiga ou mesmo calda de chocolate.

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s