Asinhas de búfalo

Comer asa de galinha já foi sinônimo de pobreza no Brasil. Mesmo sem ter status de nobreza mesmo aqui, essa parte menos valorizada da ave deu origem a um dos pratos mais populares da gastronomia norte-americana, tudo a partir de uma cidade dentro do mesmo Estado de Nova York: Buffalo, onde foi inventada a receita de molho vermelho picante que cobre as asas fritas tão comuns em todos os bares de todo o país.

Pacote com asas de galinha de Buffalo do Atomic Wings

A receita original surgiu no Anchor bar de Buffalo, segunda cidade mais populosa do Estado, que fica a 650 quilômetros de Manhattan, junto ao lago Erie (sim, o Estado de Nova York é grande assim). O site oficial do bar conta uma anedota da história do surgimento do bar, dizendo que foi a dona dele, Teressa, que inventou o molho “secreto” de supetão em um dia em que seu filho apareceu em casa com amigos famintos. Isso foi em 1964 e desde então o bar passou a se especializar nesse prato, que hoje é servido em vários países como especialidade americana.

As asas, os legumes e o molho

O prato é muito simples: asas de salinha são separadas em coxa de asa e o que chamam de flat (o pedaço intermediário da asa, que tem dois ossinhos), descartando a ponta. Esses pedaços são fritos imersos em óleo assim bem simples, sem tempero nem cobertura. Quando a galinha está frita, ela é misturada com o molho cuja base de vinagre, manteiga e pimenta caiena. Mesmo com uma receita tão simples, a divulgação desse prato pelo mundo suscitou a criatividade de chefs, e fez com que o molho ganhasse centenas de variações, deixando até se ser feito com asas. O que permanece é a ideia de pedaços fritos e cobertos em molho picante.

A pequena porta da lanchonete, que está em dez lugares diferentes

Na cidade de Nova York, as asas de búfalo estão presentes em cardápios de quase todos os bares da cidade. Entrando em muitos deles é possível sentir o cheiro do molho de vinagre e pimenta, e não há um consenso grande sobre quem faz melhor as asas fritas. Não parece haver muita valorização dessa comida de bar, na verdade, e o momento em que elas ganham mais atenção é na época do Superbowl, a final do campeonato nacional de futebol americano.

O cardápio na parede, indicando os diferentes níveis atômicos do molho

Mesmo sem ser apontada necessariamente como a melhor asa de búfalo da cidade, uma das que já foi apontada como das mais próximas da receita original é uma rede de lojinhas que é especializada exatamente nelas e só nelas, a Atomic Wings, criada no final dos anos 1989 e já premiada por sua comida apimentada.

O nome é uma referência a uma forte tradição relacionada às buffalo wings, que faz com que as asas sejam o foco de disputas de resistência a molhos picantes. A atomic wings oferece vários níveis de força do molho, dos três básicos mais suaves aos “insanos”: “abusivo”, “nuclear” e “suicida”.

A comida na Atômic Wings é bem barata, e é possível comprar meio quilo das asas fritas por a partir de U$ 7. As asinhas são um acompanhamento excelente para cervejas. Elas costumam ser servidas com cenoura e salsão, além de um molho suave de queijo que contrasta com o molho apimentado.

O Monstro passou pelas Atomic Wings há pouco tempo e comprou uma porção de asas e filés de galinha fritos e com o mesmo molho. A escolha foi pelo mais suave, “mild”, mas, chegando em casa, mesmo o mais suave parecia um sofrimento antes mesmo de chegar a meia dúzia de pedaços. A ideia de levar para comer em casa no fim das contas não se encaixou tão bem com o prato, que funciona muito melhor como petisco em uma mesa de bar, contanto que não se importe em se sujar com a comida.

Serviço:
Atomic Wings 10 Locations

Não acredita? Então olha aí também…
Melhores asas de galinha segundo a NY Mag

Anchor bar e a história original

Receitas de asas fritas

Vídeo ensina a desossar as asas

About these ads

Uma resposta para “Asinhas de búfalo

  1. Pingback: Asas de búfalo em casa | Monstro na Cozinha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s